Lookbook: In the dark of the night

No final de fevereiro eu viajei para Viçosa pela primeira vez na vida, mesmo depois de ela ter passado 7 anos convidando, para participar da formatura da minha segunda irmã, que agora é licenciada em matemática. Digo “segunda” para vocês entenderem que ela não é irmã “de sangue”, mas aqui não tem distinção: eu e Dani sempre consideramos a Pati assim e ela idem! Pra vocês terem ideia quando chegamos lá na sexta feira, dia 24, dia da Colação de Grau de todos os cursos de Ciências Exatas e Agrárias da UFV, a mãe dela nos apresentou aos amigos com um “Gente, essas aqui são as irmãs da Patrícia”, o que até emocionou, mas a noite a emoção foi ainda maior! No dia seguinte, sábado, foi o famoso “Bailão”, também para os formandos graduados na véspera, então estávamos todos tão lindos que é OBRIGATÓRIO pra mim tirar fotos pra postar no Lookbook e, claro, aqui também.

No mundo ideal eu teria comprado um lindíssimo vestido para ocasião, mesmo porque estou precisando, o que infelizmente não foi po$$ível… Pensei em pedir um emprestado para minha prima, mas já tinha feito isso num casamento em outubro passado e fiquei sem graça. Resgatei então um longo de baile antigo que ganhei e reformei para usar nas Bodas de Ouro dos meus avós maternos e formatura da 8ª série… QUE ACONTECERAM EM 2004! Sentiram aí o impacto, né? A barra ficou um pouco curta, quase imperceptível, e como não uso saltos muito altos nem deu pra ver direito e não importa pois o vestido é lindíssimo, verde claro e liso no comprimento com detalhe bufante no colo que termina atrás, descendo nas costas. Apesar de as alças estarem um pouco justas (porque de lá pra cá eu adquiri PEITOS) não incomodou, foi super confortável e deixou minhas duas tatuagens do signo à mostra. Infelizmente na hora de tirar as fotos eu ESQUECI que tinha levado minha mini ring light, então temos que nos contentar com a iluminação local e o uso da mesma dupla de salpato-e-bolsa-de-festa-pretos que são os únicos que tenho mas eu GOSTO, me deixa!

Lookbook: In the dark of the night
Vestido, bolsa e colar: n/s | Sapatos: Moleca

O que eu mais gostei na noite, porém, foi a minha maquiagem! A pele ficou linda, o blush meeega marcado do jeito que gosto, Batom Bruna típico vermelhão de todos . os . dias e só não consegui colar cílios postiços porque normalmente quando minha primeira tentativa dá errado eu simplesmente desisto pra não me estressar mais e estragar a noite, que foi o que aconteceu… E a sombra foi a cereja do bolo! Enquanto fazia as malas e decidia o que fazer lembrei que tenho aqui um pigmento da cor EXATA do vestido. Tinha que usar, né? É uma pena que não tenha conseguido captar NENHUMA imagem realmente boa dela porque tudo deu certo, tanto na minha quanto na Daninha. O esfumado e côncavo marrom perfeito, melhor que já fiz na vida migrando lindamente pro verde, um lado igual ao outro certinho, iluminado no canto interno destacado mesmo com o resto brilhando tanto quanto. Queria ter como mostrar como tava DE VERDADE, mas nenhuma foto chegou nem perto disso…

… o que não significa que não posso postar pelo menos o que consegui, né? Preparem-se pra vê-la da forma menos pior possível com os poucos recursos que eu tinha em um GIF ANIMADO que une fotos e Boomerang (aqui a gente não brinca em serviço né meninas!):

via GIPHY

Nenhuma cor está fiel o suficiente, a qualidade não ficou das melhores, o batom já tava detonado na última foto, mas o que importa é que dá pra ter uma ideia e que eu amei. Meu cabelo acabou ficando um pouco desgrenhado, estava chovendo MUITO naquele fim de semana, Minas Gerais ficou debaixo d’água com força e cheia de tragédias, então fios fora do lugar foi um problema até leve que tive se comparado ao resto… Pra não ficar só a chapinha propositalmente amassada aproveitei que estava com uma mecha rosa escuro na parte mais “escondida” dele, fruto de alguns testes que venho fazendo, e fiz uma tiara de tranças coloridinha… Ela misturou rosa com amarelão (que é onde descolori mas não consegui passar a tinta) e preto, não dava pra entender muito bem o que tinha acontecido ali sem saber a história e o resultado tava DEMAIS! Pena que, de novo, vocês não vão ver direito, mas acreditem em mim, ok? Ok!

Leia também: Minha terceira tatuagem: nosso trevo de amigas-irmãs feito em janeiro de 2019!

Pensando aqui, agora, eu devia simplesmente PARAR de falar mal das minhas fotos de lookbook e aceitar que eu posto o que consigo e que é assim que tem que ser, né? Toda vez faço isso de destacar a parte ruim, por que não posso simplesmente deixar que vocês percebam o que é bom e ser feliz? Inseguranças: onde habitam, de que se alimentam(?), essa sexta no Luly Repórter! Por fim, só para constar, fica a informação de que o “título” desse look é o nome de uma das músicas da animação de 1997 “Anastasia”, filme favorito da Patiquinha… Sei lá, me soou pertinente.

Talvez você goste também de:

5 Comments

  1. Tinha visto esse look no facebook e tive que vir comentar o quanto estava incrível! E posta mesmo tudo no lookbook sem medo menina, eu também preciso perder essa insegurança! A make da pra ter uma noção que tava linda para CARALH*

    Beijaõ

  2. oiê!

    ai, Luly! o look ficou lindo e a make maravilhosa. acho que, sim, vc deveria parar de ficar justificando as imagens e só deixar a gente aproveitá-las e te enaltecer por sua lindeza. <3

    a explicação da escolha do vestido me refletir sobre o quão "reciclável" podem ser as nossas roupas e quantas histórias elas podem nos render. <3

    bjs!
    Não me venha com desculpas

  3. Que vestido mais lindo, Luly! Eu amei que você estava de sapatilha que, vamos combinar, muito mais confortável que certos saltos hehe. Eu geralmente vou de salto, mas levo uma rasteirinha para colocar depois. Na minha formatura do ensino médio usei minha sapatilha de Alice depois que o salto começou a cansar.
    Sinceramente, eu não ligo a mínima de repetir uma roupa. Acho que dependendo de acessórios, cabelo ou do quanto estamos diferentes, a roupa parece outra. Fiquei curiosa para ver fotos suas de 2004 com esse vestido! Ah, sua maquiagem também está maravilhosa <3

  4. Aaaah, que linda, Luly!!!
    Não creio que você usou um vestido de 2004!?! Você está podendo, hein?
    Poucas pessoas cabem num vestido de 16 anos antes.
    Achei o tom de verde lindo, seu penteado, make e a sapatilha que deixou com um look mais meigo. O drapeado nas costas e no busto ficaram muito elegantes.
    Parabéns pela formatura de sua “irmã”.
    x

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *