Ratatouille

Minha irmã ganhou o dvd Ratatouille de amigo oculto do tio Márcio no natal de 2007 e desde antes disso eu já tava enrolando demaaaais pra assistir!! Ante-ontem estávamos no churrasco de aniversário do Dih, meu primo, quando a primaida se juntou querendo ir ao cinema, não tinha nada bom e aí fomos procurar algo legal, o Thi sugeriu esse filme, todo mundo aceitou, pegamos o dvd dela, pipoca, Coca Cola e záz: noite de cinema em casa-da-vovó!!

Sinopse: “Um rato chamado Remy sonha em se tornar um grande chef francês, mesmo contra os desejos de sua família e do problema de ser uma profissão totalmente inapropriada para roedores. Quando o destino o leva aos esgotos de Paris, Remy se vê na situação ideal, bem embaixo do famoso restaurante de seu herói culinário, Auguste Gusteau. Apesar dos aparentes perigos de ser um inadequado – e certamente indesejado – visitante na cozinha de um fino restaurante francês, a paixão de Remy pela arte culinária não demora a colocar em marcha acelerada uma engraçadíssima e eletrizante corrida de ratos que invade o mundo da culinária parisiense. Remy então se sente dividido entre sua vocação e a obrigação de voltar para sempre à sua prévia existência de rato. Ele aprende a verdade sobre amizade, família e entende que sua única opção é a de aceitar quem ele é realmente: um rato que deseja ser chef de cozinha.”

– Eu achei FOFOLINDO AO EXTREMO!! Aihn, apaixonei, apaixonei, apaixonei!! Quis me sufocar por ter enrolado tanto para assistir… Nem dava pra sentir nojo da situação “você come aquilo que o rato prepara com as própias mãos”, porque é lindo demais!! Acho que essa minha fixação por Paris juntou com a sensibilidade extrema canceriana e o fato de que sou exagerada nesses dois aspectos… Chorei muito no final!! E quem chora no final de Ratatouille, né?? Pois é, mas eu sou assim, fazer o que… Daninha e Bebeti disseram que o final poderia ter sido melhor, blá-blá-blá, mas eu acho que elas são chatas e que o final foi o mais bonito!!
Deu até vontade de tentar fazer a receita, se eu me arriscar aproveito e coloco no Expresso Rosa!!

– Esse post é meio que um meio de encher linguiça (sem trema), porque junho tá indo de mal a pior nesse blog. Meus posts sobre cidades mineiras não saíram da categoria “projeto” até hoje e os milhões de trabalhos de fim de semestre só se acumulam, tudo isso junta com o fato de que agora tô trabalhando!! Por isso, tenham santa paciência, porque essa semana tem aniversário do blog e pelo menos nisso e na Tag Fixa que falta eu apareço!! Enquanto as férias não chegam, sigam a dica do post e assistam ao filme, é algo que não tem como se arrepender depois!!

Trinta e dois

Trinta e dois

ler artigo
Eu não dei conta (mas ainda posso chegar lá!)

Eu não dei conta (mas ainda posso chegar lá!)

ler artigo
Rapidinhas de Novembro

Rapidinhas de Novembro

ler artigo

Comente este post!

  • Adri (Nadeshiko/ Dollie Blythe)

    esse desenho é lindinho demais! gosto mto da mensagem dele… do cara “mau” no final se transformar em aliado. isso é mto bacana! tmb amo aquela música francesa. eu tinha o mp3 dela em algum lugar aqui…

    responder
  • Adri (Nadeshiko/ Dollie Blythe)

    esse vídeo é melhor: http://www.youtube.com/watch?v=BexPomNeEW8

    responder
  • Beca

    Ah, eu AMO esse desenho! Assim que lançou minha mãe quis ver de qualquer jeito.. eu APAIXONEI por ele!
    O final é tão lindo, quando o crítico gastronômico come e lembra da infancia dele.. muuito bom!
    Ja parou pra ver o making off? Aquela comida (que o crítico avaliou) existe mesmo! Muuito legal!
    Beijão Luly!

    responder
  • Luly

    Beca on June 22, 2009 at 2:47 am said:

    Ah, eu AMO esse desenho! Assim que lançou minha mãe quis ver de qualquer jeito.. eu APAIXONEI por ele!
    O final é tão lindo, quando o crítico gastronômico come e lembra da infancia dele.. muuito bom!
    Ja parou pra ver o making off? Aquela comida (que o crítico avaliou) existe mesmo! Muuito legal!
    Beijão Luly!

    Pois é, eu peguei a receita na Wikipedia e tô pensando em tentar!!

    responder