o que eu penso antes de dormir – Augusto Alvarenga

o que eu penso antes de dormir: mão de pele clara segurando uma caneca contendo bebida achocolate em frente a aparelho Kindle com a folha de rosto do livro na tela, constituída de várias palavras e rabiscos desconexos. O e-book está apoiado em pernas cruzadas, usando calça de estampa geométrica, e ao fundo um tecido de tema floral.

o que eu penso antes de dormir *****
o que eu penso antes de dormir: capa do livro, lisa, em tom neutro, com o título ao centro alinhado à esquerda e nome do autor na lateral inferior esquerda. Autor: Augusto Alvarenga
Gênero: Poesia, coletânea, jovem adulto
Ano: 2020
Número de páginas: 81p.
Editora: Publicação Independente
ISBN: B08R991FCD
Sinopse: “‘você não pode amar uma porta – use-a para ir embora’. ‘o que eu penso antes de dormir’ é um compilado de textos: poemas, crônicas, frases e pensamentos de um processo de cura e amadurecimento no último ano. retrata a crueza das emoções, das relações e da jornada por dias melhores.” (fonte)

Comentários: Não é fácil ver alguém que a gente gosta doendo… Nessa breve coletânea de poemas e desabafos, Augusto Alvarenga conta o que vem pensando antes de dormir no último ano, conta o que EU penso toda hora nessa cabeça preocupada que martela sem fim, provavelmente conta o que você andou pensando por aí também. Ele fala de começo que lembra fim e fim que lembra recomeço, sincero e sensível e rápido, mas profundo e fundo. Os primeiros versos são sofridos, magoam, te fazem remoer, bate aquela pena, muita tristeza, dor, mesmo. Não, não é fácil ver ninguém doendo e nem lembrar que a gente dói também. Já os últimos versos lembram bem os primeiros, mas com vontade de dar passos pra frente sem esquecer nem por um minuto as marcas que você deixou quando deu os que ficaram para trás. E eu amei!

o que eu penso antes de dormir: mão de pele clara segurando um aparelho Kindle com a capa do livro na tela, lisa, em tom neutro, com o título ao centro alinhado à esquerda e nome do autor na lateral inferior esquerda. O e-book está apoiado em pernas cruzadas, usando calça de estampa geométrica, e ao fundo um tecido de tema floral e caneca contendo bebida achocolatada.

“quem vai ser o próximo e como ele vai me
deixar
em pe
____da
_____ços”

o que eu penso antes de dormir é uma narrativa de não-ficção contínua dividida em poemas, reflexões, mini contos e pensamentos jogados, às vezes em versos tradicionais, outras em diagramação personalizada para passar sua mensagem pessoal e muito íntima. Nele o autor conversa com alguém, um alguém específico claramente, mas sem ignorar a presença de quem lê, deixando que a gente entre no que não é da nossa conta pra tornar parte da nossa vida. A leitura é MUITO rápida, mesmo, você finaliza em questão de 10 minutos, contados pelo próprio Kindle, mas que demora muito mais do isso para ser digerida, pensada, sentida. Ele usa as palavras lindamente, mostrando cada vez mais o amadurecimento da sua escrita em todos os sentidos, principalmente no que diz respeito à temática e estrutura. Apesar de curto, ele entrega um livrão.

o que eu penso antes de dormir: mão de pele clara segurando uma caneca contendo bebida achocolatada atrás de um aparelho Kindle com uma página do livro na tela, o primeiro verso do poema está em destaque, marcado pela leitora no próprio aparelho. O e-book está apoiado em pernas cruzadas, usando calça de estampa geométrica, e ao fundo um tecido de tema floral.

“eu quero estar presente.
e quero ser marcado.
quero saber das lembranças como elas aconteceram
não quando você as inventa até elas só serem histórias,
sabe?”

Por fim, é impossível falar dos livros do Guto (vou abandonar as formalidade aqui) sem falar do visual e diagramação impecáveis, principalmente se tratando de uma publicação independente. Ele tem uma equipe por trás que faz um trabalho TÃO primoroso que você estende o tempo de leitura parando para admirar. Páginas inteiras em que o visual complementa uma simples frase, transformando poucas palavras em arte, ilustrações jogadinhas aqui e ali, até o perfil de autor do final é delicado, simples demais, e ainda assim você sente a preocupação em deixar condinzente com o resto. É óbvio que o livro não é feito SÓ disso, mas no caso dele as duas coisas se complementam com tanta força que deixar de apontar uma delas desvaloriza sua existência. Lindo, de ler e de ver.

o que eu penso antes de dormir: mão de pele clara segurando uma caneca contendo bebida achocolatada atrás de um aparelho Kindle com uma página do livro na tela, contendo o código Spotify da playlist do mesmo. O e-book está apoiado em pernas cruzadas, usando calça de estampa geométrica, e ao fundo um tecido de tema floral.

Leia também: fica por aqui: Uma história de Vento Ventania, resenha do livro publicado pelo Augusto como e-book e em versão física como parte da conscientização do Setembro Amarelo.

Augusto Alvarenga é mineiro de João Monlevade, mora em Belo Horizonte, graduado em Cinema e Audiovisual e publicou seu primeiro livro, “Um Amor, Um Café e Nova York”, em 2014. Hoje tem vários volumes publicados, incluindo participações em antologias, que vocês podem conhecer no Instagram @instaguto, Twitter @tuiteguto e perfil de autor Skoob. o que eu penso antes de dormir está disponível como e-book na loja Kindle da Amazon por R$6,00 e aluguel de graça para usuários Kindle Unlimited. A playlist do livro pode ser acessada no Spotify.

Continue Reading

My Pink Planner Tilibra 2021

Selfie de Luly Lage segurando o My Pink Planner 2021, da marca Tilibra

Ano passado usei um planner Tilibra bem bonito, mas basicão, onde a capa era rosa, mas simples, e o conteúdo interno sem nenhum detalhe ou enfeite, ou seja: um planner adultinho! Até fiz um post na época contando o quanto isso foi legal pra mim, significativo e tal, já que foi o ano em que completei 30 anos, mas vamos ser sinceras aqui: não trouxe lá muita sorte, né? A pandemia veio, a vida não só estagnou como acabou até dando uns passos pra trás, tá todo mundo beeem ferrado e eu podia ter escolhido qualquer um, porque no fim das contas ele ficou preso dentro de casa junto comigo e a mensagem não foi passada, já que ninguém viu. Ai, ai, ai, 2020, você bem puxou nosso tapete, hein, danado…

PORÉM devo dizer que, no fim das contas, ter um planner me ajudou BASTANTE nesse período doidão que a gente tá vivendo sem previsão pra ter fim… Eu só consegui produzir o pouco que produzi ano passado graças a ele, então acho que encontrei meu jeito de organizar a vida, sabe, já que agendas pararam de funcionar há muitos anos por aqui e o BuJo foi uma péssima escolha que nunca levei adiante quando tentei… Por isso dessa vez fui atrás de um novo com a decisão de que a vida tá muito por um fio pra tentar ser séria, escolhi o modelo imaturo que eu quis na vibe da adolescente dos anos 2000 que fui um dia e comprei o My Pink Planner da Tilibra na Livraria Leitura por, em média, trinta reais!

Psiu! Pres’tenção! Esse post contém não só uma descrição e fotos do planner escolhido e de como pretendo usa-lo, mas também um tour completo por ele em vídeo mostrando TODOS os tipos de página e funções que contém. Se você quiser ver tudo-tudo-tudo pra decidir se compra ou não, é só ir lá pro final!

Capa do My Pink Planner Tilibra, rosa com detalhes em estrelas brilhantes, lateral em espiral e o nome do produto em baixo, escrito em branco. Ao fundo uma base de corte e materiais de escritório, todos também cor de rosa.
Capa
Imagem do My Pink Planner 2021 aberto na folha de rosto, onde se lê em inglês "Diga Olá para novas possibilidades" em vermelho num fundo rosa. Em baixo dos dizerem existe um quadrado branco para informações pessoais à escolha de quem usar o produto.
Folha de rosto / sobre mim

A primeira coisa que preciso falar sobre esse planner é que ele REALMENTE parece ter sido tirado do meu 2º ano do Ensino Médio em 2006… A capa com estrelinhas brilhantes, os detalhes todos em rosa ou, no máximo, vermelho, os textos em inglês misturados com português, corações, clipes, página de adesivos e tudo o que eu amava ter direito. Sinceramente acho que foi escolhido não só por ser minha cor favorita, mas também pela nostalgia das agendas Menininhas que eu usava anualmente como diário. As coisas estão tão pesadas, principalmente por quem opta por se informar e manter os pés no chão como tenho feito, que é bom ter um visual divertido e gostoso assim em algo pessoal que vou acessar todo dia. O mundo já tá muito feio, então não custa nada planeja-los em algo bonito!

Gostei bastante que ele não tem aquelas páginas de informações com itens pré-definidos, e sim uma folha de rosto decorada com um quadradinho destinado a esse fim, pra ser preenchido com o que julgo ser importante. Na verdade essa é uma característica forte desse planner: muito espaço pra você usar do jeito que quiser, como páginas para listas, um espaço grande de inspirações dividido em sub espacinhos diferentes, onde anotei meus objetivos, metas de redes sociais e até informações que preciso sempre acessar e não sei de cor, como meu CNPJ, e mesmo as páginas de planejamento em si, seja ele anual, mensal ou semanal, tem algumas linhas e quadriculados que você vai ajustando ao que precisa. É bem fofo porque nunca fala de “planos” e sim de “pink plans”, o que deixa a coisa alegre demais ao ser usada!

Imagem do My Pink Planner 2021 aberto na página de listas, onde se vê quatro espaços pautados para criar listas pessoais em fundo rosa.
Espaço para listas
Imagem do My Pink Planner 2021 aberto na página de planejamento mensal do mês de julho, onde se vê um calendário do mês com espaço para breves anotações por dia e uma pequena área pautada na lateral esquerda.
Planejamento mensal

Como dito acima, no que diz respeito ao planejamento em si, são três tipos diferentes. No início existe o planejamento anual, que é onde anoto tudo sobre dinheiro, registrando o que entra em vermelho e o que sai em verde pra ter controle do que ganho e gasto, é claro. Depois começa o planejamento mensal, um calendário de cada mês antes das semanas referentes ao mesmo, que uso para registrar datas importantes como aniversários e o início do Sol em cada signo, pois adoro astrologia. Ali tem também um espacinho pautado, onde anoto as contas do mês para ir marcando as que já paguei, já fazia no ano anterior e funcionou super bem. Enfim, vem o planejamento semanal, com um espaço grande para cada dia, todos os mesmo tamanho, e vários desses “espaços extras” para ir ajustando à nossa rotina, são páginas lindinhas…

Ao final, depois da última semana, existem quatro páginas de cada em três categorias diferentes: pautadas, quadriculadas e pontilhadas, todas com pequenas frases divertidas nos cantinhos, em inglês, seguindo a vibe do resto. Aí é deixar o cotidiano definir como preencher cada uma, também! Na pautadas, por exemplo, eu anotava minhas listas de mulheres de cada movimento artístico que queria estudar no Vênus em Arte ano passado, mas migrei isso pra página de Listas esse ano e, por enquanto, só usei uma, pra anotar os livros que vou lendo. As quadriculadas eu AMO, uso pra calendário menstrual e anotar meus números de redes sociais, e só as pontilhadas ainda não sei pra que usar… Ele tem também um tracker de hábitos no começo, totalizando 80 folhas, todas coloridas e decoradas, para que seu ano seja cor-de-rosa por completo. Tô apaixonada e recomendo muito!

Imagem do My Pink Planner 2021 aberto na página de planejamento mensal da semana entre os dias 5 a 11 de julho. Além dos retângulos de caa dia da semana a página também contém pequenas áreas de anotações a serem feita da maneira que convir a quem usa o produto.
Planejamento Semanal
Imagem do My Pink Planner 2021 aberto na página de pautada do final, onde se lê em inglês a frase "Quando nada sair direito, vá à esquerda.
Detalhe das folhas de caderno do final

Informações gerais:

– Capa dura e lateral em espiral, permitindo que seja completamente dobrado ao meio;
– Tamanho entre o A5 e A4;
– Bolso na frente em papel de alta gramatura;
– Página de adesivos;
– Folha de rosto com espaço para informações pessoais a escolha de quem usar;
– Calendários 2021 e 2022 contendo os feriados nacionais;
– Feriados internacionais de países da América Latina;
– Tracker de hábitos com espaço para 32 hábitos a serem desenvolvidos ao longo de um mês;
– Páginas de listas com espaço para 8 listas de 14 itens;
– Página de ideias, inspirações, metas ou o que convir;
– Duas páginas de planejamento anual;
– Duas páginas de planejamento mensal por mês, totalizando 24 páginas destinadas a isso (12 meses);
– Duas páginas de planejamento semanal por semana, totalizando 106 páginas destinadas a isso (53 semanas), de 28 de dezembro de 2020 a 2 de janeiro de 2022;
– Planejamento mensal com espaço de lista pautado e semanal com dois espaços pautados, um quadriculado e pequena região para registro de “Gratidão”;
– Quatro páginas pautadas, quatro quadriculadas e quatro pontilhadas no final.

Assista ao vídeo mostrando o planner completo!

Continue Reading