Top 5: Fico impaciente com pessoas que… (30/52)

Essa é a trigésima semana do Desafio 52 Semanas de Top 5 e o tema da vez é: Fico impaciente com pessoas que…
E é isso mesmo que vocês leram, crianças, hoje é dia de conhecer a #LulyMá!

01: Jogam lixo fora do lixo

POR QUE, OH DEUS? Não entendo. Nada explica. Como pode ser tão difícil? Mais alguns metros e você pode jogar na lixeira, então POR QUE RAIOS tem que jogar no chão? Não tem nada de bonito. E tá dentro do carro? Deixa seu lixinho aí com você, só até chegar em casa. Pra que tacar pela janela? Tá na rua? Põe na mochila, no bolso, segura um pouquinho. Eu agradeço, o planeta agradece, a sociedade também!
Eu geralmente sou boazinha com as pessoas no geral, mas em situações assim não consigo segurar o resmungo de “Porco/a!” irritadinho, simplesmente não dá!

02: Andam lentamente na rua

Eu sei que não é culpa da pessoa, sei que nem todo mundo tem pressa e nem todo mundo consegue andar rápido. Eu às vezes sou assim. Mas não adianta, mesmo sabendo disso eu faço de tudo pra passar na frente logo e deixar aquela agonia pra trás – literalmente!

03: Usam o “mim” com sujeito

Mim não faz, mim não pega, mim não leva e mim não joga. Já perdi a conta do número de vezes que corrigi alguém sobre isso e ouvi geral falando “Nossa, que exagero, não tem problema falar assim”. A notícia é que tem problema sim. Quem faz, pega, leva, joga ou pratica qualquer verbo sou EU, e não mim.
Outra coisa: o tal do “trago” no lugar do trazido. Nem sempre consigo segurar: quando eu vejo já corrigi a pessoa. A maioria leva numa boa e ainda zoa “É porque eu vou fumar a coisa, gente!”, mas infelizmente não é todo mundo que entende e ainda me olha com cara de quem tá me achando louca!

04: Não sabem controlar o tom de voz

No ônibus, na rua, ao telefone, visitando um parente no hospital, depois das 10 horas da noite: minha gente, dar uma moderada não custa nada! Eu sei o quanto é difícil porque sou muito expressiva, em dias que saio com grupos grandes chego em casa rouca de tanto falar que nem uma maluca (isso sem contar o fato de que vou ficando gaga também ao longo do dia), mas pra tudo tem um certo limite, né não? Quando tenho MUITO intimidade eu repreendo, mas na maioria das vezes só passo raiva mesmo.

05: Deixam a bandeja na mesa em shopping, lanchonetes, etc…

Porque não custa NADA dar dez passos em direção a um balcão ou uma lixeira para liberar a mesa pro coleguinha que vai sentar depois, né gente? Sério, pra mim é uma coisa tão natural que fico assustada quando vejo gente que simplesmente larga a bandeja pra trás mesmo sabendo que é o que a maioria faz!

Padrão Hogwarts
A foto não tem NADA a ver com o tema, mas como hoje é dia 1º de setembro eu tinha que colocá-la pra comemorar o início de mais um ano letivo em Hogwarts!

Continue Reading

Top 5: Filmes que me falam ao coração (29/52)

Essa é a vigésima nona semana do Desafio 52 Semanas de Top 5 e o tema da vez é: Filmes que me falam ao coração.
Eu estabeleci algumas regras pessoais nessa semana para impedir que o post ficasse mais do mesmo… Primeiramente a lista não poderia conter animações, senão seria só uma repetição das milhões de lista que tenho nesse blog sobre meus filmes Disney favorito. E segundo, mas não menos importante: nada de Harry Potter! Por mais que os filmes da série me deixem muito emocionada (mesmo o que eu acho MUITO ruins) não faria sentido recomendá-los nessa categoria porque só que é fã sentiria o mesmo. Enfim, vamos ver o que saiu, né!

Semana 29/52

01: Sempre Ao Seu Lado

Acho que esse é o filme onde MAIS CHOREI NA MINHA VIDA. Sério. Lembro que assisti no carnaval e que quando acabou fui me lhar no espelho e não dava pra ver que eu tava com os olhos abertos de tão inchados. E aí logo em seguida assisti dois filmes lindos que com certeza me fariam chorar bastante (ainda mais eu sendo como sou) e eu não derramei uma lagriminha sequer porque não tinha sobrado nada.
Queria escrever aqui uma sinopse, falar o que acho, etc e etc, mas se eu começar vou desatar a chorar de novo e acho melhor não, obrigada!

02: Marley e Eu

É, deu pra ver que filmes bonitos sobre cachorros são os que mais mexem comigo. Eu li o livro Marley & Eu pouco antes de ter visto o filme e a ordem da leitura é: 150 páginas rindo, 50 páginas entre o riso e o choro e 100 páginas de lágrimas compulsivas. É IMPOSSÍVEL não amar a história do Marley quando você já teve um cachorro algum dia na sua vida… E eu, particularmente, prefiro cachorros a qualquer outra categoria de seres vivos no universo, então amo mais ainda.
Pra quem é fora da órbita e não sabe do que se trata lá vai: é uma história auto biográfica de um momento específico da vida de John Grogan: os anos que ele passou ao lado do labrador Marley que era terrível. Sério, se a Pakita não fosse tão danada eu não acreditaria que um cachorro pode ser tão absurdo, mas vivendo com ela dentro de casa sei que pode ser ainda pior, hahaha!

03: Uma Lição de Amor

Que eu só consigo chamar de “I am Sam”, esse título brasileiro é podre e ponto. Mas enfim, é sobre o filme que tenho que falar então lá vai: junte um grupo de atores incríveis em sua melhor atuação, coloque dentro de uma história linda e emocionante e feche com chave de ouro com uma trilha sonora fenomenal. É de rir e chorar sem parar, tudo misturado durante cada minuto de duração. Quem ainda não assistiu se vira aí e trata de assistir agora!

04: A Dama de Ferro

EU SEI, eu sei e eu sei que é um filme sobre política e vi mais críticas do que elogios sobe ele (inclusive dentro do cinema o povo ia se cansando e abstraindo o que tava vendo), mas ele me afetou tão profundamente que nem consigo raciocinar pra descobrir o motivo de verdade. Só sei que nas vezes que assisti, não importa onde, a história continuou martelando na minha cabeça por vários minutos, cada detalhe dela e sem parar!
E mais duas coisas: 1) Meryl é incrível e 2) MERECEU O OSCAR DE MAQUIAGEM SIM, e vai continuar merecendo para todo o sempre.

05: Os Gritos do Silêncio

Meu filme de guerra favorito e, como quase todos dessa lista, uma história real, o que deixa tudo mais bonito, mais triste, mais emotivo.

Continue Reading

Voltei! + Top 5: Minhas maiores “neuras” e manias são (28/52)

Cof, cof, cof, quanta poeira, bagunça e confusão deixei pra trás ficando quase UM MÊS sem postar aqui no meu querido – e abandonado – bloguinho. Nesses últimos dias eu andei trabalhando muito e não tive tempo (nem inspiração, confesso) para escrever, por mais que estivesse morrendo de vontade. Mas agora passou, fiz um calendário mental e pessoal de como irei me organizar e ESTOU DE VOLTA! Ainda tenho coisas para arrumar aqui e tudo mais, mas isso vai rolar nos próximos dias, e podem saber que vocês vão cansar de mim porque tenho muito o que por em dia.
Começando, inclusive, com meu Desafio 52 Semanas de Top 5 que tá com mais de um mês de atraso… Era para o post número 34 estar indo ao ar esse fim de semana, mas ainda tô no 28, olha que horror… Mas eu chego lá, o que importa é começar agora… Com vocês: Top 5: Minhas maiores “neuras” e manias são:
(Tentei priorizar as neuras porque manias eu tenho MUITAS!)

01: Minha sobrancelha

Eu sou completamente sismada com minha sobrancelha! Eu limpo ela semanalmente com a pinça – e acabo estragando alguns pedacinhos sempre -, preencho com rímel incolor e lápis de olho ou de desenho as falhas (como ela é BEM preta não fica artificial), morro de medo de fazer “demais” no salão com medo de afinar demais e, ao mesmo tempo, vivo tentando impedir que ela volte a ser grossa e cheia como é de verdade. Sério, nós duas travamos batalhas diárias… Isso sem contar o número absurdo de vezes que eu aliso e arrumo a bichinha durante o dia. Tem gente que me xinga pra eu parar, as vezes!

02: TOCs diversos

São muitos. Nem tenho como ditar… Sério, até as moedas que eu entrego têm que ser iguais (tipo se for de 10 centavos têm que ser só da nova ou só da velha, nunca misturar). Doidinha…

03: Não sentar “na janela” do ônibus

Eu sempre sento no corredor. SEMPRE. E não tenho um motivo: eu sento lá e pronto, fim… E quando fico naquelas cadeira do fundo que são cinco juntas sento nas do meio. Não gosto da janela e não sei o motivo!

04: Deixar o Toddy decantar no leite

Eu tomo leite com Toddy todas as manhãs e com MUITO Toddy… Aí misturo só um pouquinho pra, no final, ter bastante decantado e eu poder comer com a colherinha aquela melequinha de chocolate, hahahaha!!

05: Medir as unhas das duas mãos e “torcer” pra uma delas

Essa é muito louca, sério. Eu vou comparando entre os dedos qual das mãos está com mais unhas maiores. E aí vem o pior: eu SEMPRE torço pra uma delas e geralmente a outra ganha!

Continue Reading

Top 5: Coisas legais pra se fazer nas férias (27/52)

Essa é a vigésima sétima semana do Desafio 52 Semanas de Top 5 e o tema da vez é: Coisas legais pra se fazer nas férias:

Let's be... "friends"?? [1/4]

01: Colocar seriados em dia

Eu assisto a muitas séries de vários “estilos” diferentes, mas é muito difícil manter tudo em dia, não dá mesmo. Acho que o maior objetivo de todas as férias é pelo menos tentar colocar em dia o máximo possível.

02: Dormir!

Porque pra grande maioria é a única época em que é possível fazer isso direito!

03: Visitar pontos turísticos da sua cidade

Você passa por eles todos os dias e as vezes pensa “Quando eu tiver tempo vou vir aqui conhecer”, mas acaba nunca indo (ou será que nunca tem tempo?). Muita gente acaba viajando nas férias e conhecendo os pontos turísticos de outras cidades do pais e do mundo, mas pra quem não viaja a dica é fazer o mesmo na sua própria cidade, vai valer tanto a pena quanto!

04: Re-ler livros que você nunca tem tempo de re-ler

Se eu gosto do livro nunca leio uma vez só. Na verdade eu não leio nem duas vezes só, eu leio e re-leio muito que nem uma louca. E fazer isso quando tô atoa pra mim pode ser melhor ainda que ler um livro novo!

05: Não cumprir as promessas que fez pras férias

Porque confessa… Você promete que vai estudar, emagrecer, terminar seu livro, visitar mais os parentes, começar uma poupança, promete TUDO quando as férias chegam… Mas não cumpre quase nada!

Continue Reading

Top 5: Se eu pudesse mudar de profissão, eu seria… (26/52)

Essa é a vigésima sexta semana do Desafio 52 Semanas de Top 5 e o tema da vez é: Se eu pudesse mudar de profissão, eu seria…

Top 5: Se eu pudesse mudar de profissão, eu seria...

01: Escritora

Eu sei que ser escritor não é algo simples como ir pra faculdade, fazer uns estágios e, plim, ter essa profissão. Sei disso porque eu escrevo (assim, do jeitinho Luly enrolada de escrever, mas escrevo). Mas eu amo escrever e adoraria viver disso, SIM! Uma coisa boa é que eu lido bem com pressões, então isso não ia me atrapalhar, acho que eu seria feliz pra sempre e se pudesse escolher uma coisa pra fazer da vida, seria isso!!

02: Jornalista

Às vezes brinco com minha mãe que ela deveria não ter sido uma mãe legal quando fiz vestibular e me forçado a fazer algo onde eu seria boa de imediato. Ao contrário de muita gente que fez cursos na área de artes meus pais me deram apoio total em tudo o que eu quis ou não fazer e fico muito feliz por isso, mas em alguns momentos de frustração eu senti vontade de que alguém tivesse me sacudido e me mostrado que jornalismo teria sido o que eu teria feito melhor. Agora já era, já foi, sem arrependimentos… Mas se eu fosse fazer uma segunda faculdade seria essa, com certeza!

03: Designer Gráfica

Eu ter cursado restauração foi a melhor falha de percurso da minha vida porque o que eu tava tentando MESMO no vestibular na época era Design Gráfico. Cheguei a passar em faculdades particulares, mas entre pagar caro e fazer o que eu queria e não pagar nada em algo que eu não queria fiquei na segunda opção e foi maravilhoso! Ainda assim tenho vontade de saber como seria, se me daria bem ou não… Mas nunca vou saber!

04: Veterinária

Essas 3 primeiras eram as profissões possíveis, agora estamos começando a discutir as impossibilidades… Eu não tenho aptidão NENHUMA pra cursos da área de saúde, mas se fosse fazer algum seria veterinária. E a prova disso é que minha irmã, começou faculdade de veterinária esse ano depois de querer isso pra vida inteira e nós somos muito parecidas em tudo!

05: Professora de física

E a IMPOSSIBILIDADE MASTER porque eu nunca fui bem em física em toda minha vida e acho que nunca serei! Ao mesmo tempo acho super legal, queria entender e se fosse ser professora de colégio ia querer ser de física. Vai entender…

Continue Reading