Harry Potter RdM: Pátio Savassi e Premiere Londrina

– Ontem eu fui com a Lili ao Pátio Savassi comprar entradas pra Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 para mim, Daninha e Gu, eles ainda têm entrada na venda antecipada pros dias 19 e 20 (dia 18 já acabou a muito tempo). Aí pensei que o shopping já estaria cheio de coisas pra todos os lados mas só tinha um cartaz feio e estragado anunciando as vendas =(

Ainda na saga "psico"... Ainda na saga "psico"...

– Inclusive nem decoração de natal direito tem lá. Ainda bem que não levei minha câmera, o que precisei tirar fotos a Lili tirou por mim… Mas tudo bem porque provavelmente no dia que a gente for pra assistir vai estar lotado de coisas legais (e de gente também) e aí eu registro. O que importa é que agora elas estão aqui nas minhas mãos, ó:

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte I

– Bom, aí hoje foi a premiere em Londres.. E muito sofrimento isso de não poder ir nesses eventos, já que nem na vinda do Matthew Lewis ao Brasil dia 17 vou poder, mas eu e outros bilhões de fãs no mundo inteiro acompanhamos pelo site da US Stream todos os detalhes. Os primerios a chegar foram Rupert Grint e Emma Watson, os intérpretes do meu casal favorito no mundo, e logo depois o trio ficou completo com a chegada de Daniel Radcliffe… Tava praticamente todo mundo por lá, cada aparecimento o pessoal gritava e os corações do mundo inteiro pulavam de emoção. Eu nunca tinha assistido nada parecido ao vivo – mesmo pela tela do computador – e preciso confessar que chorei em vários momentos… Principalmente quando J.K. Rowling (linda) apareceu, fiquei meio paralisada olhando pra tela do computador, aquela mulher é minha ídola número 1 no mundo mesmo. Só fã de Harry Potter pra chorar vendo isso, né gente!!

– O lugar tava muito lindo, todo decorado com tochas, estátua, num clima incrível que era complementado pela trilha sonora do filme, que deixava um ar de suspense. Todos os atores estavam lindos, dando autógrafos, fotografando com alguns fãs, dando entrevistas, sempre bem vestidos, principalmente Clémence Poésy e Imelda Staunton, que estava de rosa…
… todos menos a Emma Watson, que se vestia como uma verdadeira “lady inglesa” e foi pro fundo do poço quando cortou o cabelo, agora ela parece que veste a primeira coisa que vê pela frente sem pensar, estava com um vestido curtíssimo e todo aberto pro dia londrino super frio.
E foi bom porque re-descobri meu amor por Daniel Radcliffe e Rupert Grint, o segundo principalmente pelo sotaque. Aliás, eu tenho um sério problema e fixação com sotaque inglês, as vezes fico assistindo o funeral da Lady Di só pra ouvir, é bem sinistro.

rdm_premilondon
Harry… Quer dizer… Daniel Radcliffe, Emma Watson, J.K. Rowling e Rupert Grint: estrelas da noite.

– Enfim… O jeito é esperar que role algo maior na Parte II por aqui também!! E. pelo dia 20, quando estarei desde cedo na fila esperando pela 1ª parte filme mais esperado do ano, dos últimos anos!!

Continue Reading

Comer, Rezar, Amar

comerrezaramar Comer, Rezar, Amar (Eat, Pray, Love)
Elenco: Julia Roberts, I. Gusti Ayu Puspawati, Hadi Subiyanto, Billy Crudup, Viola Davis, A. Jay Radcliff, Mike O’Malley, James Franco, Ryan O’Nan, Gita Reddy, Mary Testa, Welker White, Tuva Novotny, Luca Argentero, Silvano Rossi, Giuseppe Gandini, Elena Arvigo, Andrea Di Stefano, Lidia Biondi, Emma Brunetti, Chiara Brunetti, Richard Jenkins, Sophie Thompson, Rushita Singh, Ritvik Tyagi, Javier Bardem
Direção: Ryan Murphy
Gênero: Drama/Romance
Duração: 133 min
Ano: 2010
Sinopse: “Liz Gilbert (Julia Roberts) tinha tudo o que uma mulher moderna deve sonhar em ter – um marido, uma casa, uma carreira bem-sucedida – ainda sim, como muitas outras pessoas, ela está perdida, confusa e em busca do que ela realmente deseja na vida. Recentemente divorciada e num momento decisivo, Gilbert said a zona de conforto, arriscando tudo para mudar sua vida, embarcando em uma jornada ao redor do mundo que se transforma em uma busca por auto-conhecimento. Em suas viagens, ela descobre o verdadeiro prazer da gastronomia na Itália; o poder da oração na Índia, e, finalmente e inesperadamente, a paz interior e equilíbrio de um verdadeiro amor em Bali. Baseado no best-seller autobiográfico de Elizabeth Gilbert, Comer, Rezar, Amar prova que existe mais de uma maneira de levar a vida e de viajar pelo mundo.”
Comentários: Lembra que falei do filme ruim e engraçado?? Agora é hora de falar do que é muito bom e triste… Porque é!! Eu não li o livro ainda, mas agora sei que VOU ler, preciso, porque estou encantada… A Julia Roberts é linda e foi cercada de coisas lindas durante o filme inteiro. Descobri o quanto quero conhecer a Itália agora!!
Mas mesmo lindo e ótimo, é triste, ou eu achei, porque rolou uma leve identificação com a Liz e ela é uma pessoa triste em quase todo o filme. Existem momentos específicos em que é muito fácil chorar e outros (menos) em que você ri pra compensar, mas acho que “coloca o dedo na ferida” de uma forma que as risadas não conseguem abafar o quanto você chorou.
Ah, a trilha sonora é linda!! Os cenários também!! E o figurino. Só o português dos “brasileiros” que não ficou lá grandes coisas. E, que eu saiba, não é comum no Brasil os pais beijarem os filhos na boca pra sempre. Que eu saiba.
Enfim, corram pro cinema, eu vou correr porque quero ver denovo!!

Continue Reading

Os Vampiros que se Mordam

Ontem fui ao cinema e assisti dois filmes. Um MUITO bom e triste (do qual falo depois) e o outro assim… Ruinzinho, porém engraçadíssimo. E é sobre ele que quero escrever hoje.

vampsuck Os Vampiros que se Mordam (Vampires Suck)
Elenco: Jenn Proske, Matt Lanter, Diedrich Bader, Chris Riggi, Ken Jeong, Anneliese van der Pol, Mike Mayhall, Rett Terrell, Stephanie Fischer, Nick Eversman, Zane Holtz, Crista Flanagan, Jeff Witzke, Jun Hee Lee, Michael Hanson, Kelsey Ford, Parker Dash, Leo Fabian
Direção: Jason Friedberg/Aaron Seltzer
Gênero: Comédia
Duração: 82 min
Ano: 2010
Sinopse: “Os Vampiros que se Mordam é uma sátira aos filmes que abordam a angústia e a vida amorosa dos adolescentes no mundo contemporâneo. Becca, adolescente ansiosa que não é vampira, está indecisa entre dois garotos. Antes que consiga escolher, ela precisa dar um jeito no pai controlador, que a faz passar vergonha tratando-a como criança. Enquanto isso, os amigos de Becca se veem às voltas com seus dilemas amorosos -, e tudo vem à tona na festa de formatura da escola”
Comentários: Depois do brilhante Opúsculo, foi a hora de eu morrer de rir com outra sátira da série de vampiros que menos gostei de todos os tempos. O filme é dos mesmo produtores de “Todo Mundo em Pânico” e é bem naquele estilo: escolheram uma história para parodiar e colocaram algumas outras no meio pra dar graça. Buffy, Alice, Gossip Girl… Todas elas estão ali. Poré, os protagonistas mesmo são Bella, oops, digo, Becca e seus dois amores não humanos: Edward e Jacob. E aí começa uma sátira incrível que mistura Crepúsculo e Lua Nova, com atuação PERFEITA por parte dos atores, todas as caretas são milimetricamente bem feita, assim como modo de falar super falso e arrumação compulsiva do cabelo.
Não quero revelar muito sobre o roteiro e tudo mais, mas se você é fã legal ou não-fã legal da saga vá assistir, nem que seja em dias de cinema barato pra não ter sensação de ter jogado dinheiro fora. E, POR FAVOR, ame a cena em que Jacob chama sua alcatéia para ajuda-lo porque é a mais legal, bem feita e hilária de todo o filme!!

Continue Reading

Trailer de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1

– Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah!! 56 dias!! E aí saiu o trailer às 22h em ponto de quarta feira. Não vou nem falar nada!! Simplesmente vejam!!

Vídeo legendadinho “roubado” do Potterish

Continue Reading

Juno

juno Juno
Elenco: Ellen Page, Michael Cera, Jennifer Garner, Jason Bateman, Allison Janney, J.K. Simmons, Olivia Thirlby, Eileen Pedde
Direção: Jason Reitman
Gênero: Comédia/Drama
Duração: 92 min
Ano: 2007
Sinopse: “Juno MacGuff (Ellen Page) é uma adolescente que engravida de maneira inesperada de seu colega de classe Bleeker (Michael Cera). Com a ajuda de sua melhor amiga, Leah (Olivia Thirlby), e o apoio de seus pais, Juno conhece um casal, Vanessa (Jennifer Garner) e Mark (Jason Bateman), que está disposto a adotar seu filho, que ainda nem nasceu.”
Comentários: Tenho uma palvra pra definir Juno… ASSISTAM!! Quando as pessoas me falavam que é bom eu imagina um filme bom como outro qualquer, e não bom como realmente é!!
Dá pra rir, pra chorar, pra ver mil vezes e não cansar. É engraçado, realista e inteligente, sem clichês e besteirol americano, uma trilha sonora altamente bem trabalhada e toda garota tem um pouquinho da Juno (toda!!). Sério, se existe um filme que mereceu ter ganhado Oscar de melhor roteiro original, pronto, é esse.
Quem não viu vai achar minha opinião exagerada, assim como eu achava quando lia ou ouvia a opinião das pessoas antes, mas é preciso ver para acreditar. E palavras não conseguem descrever. É o que eu disse: assistam Fim!!

Continue Reading