Trinta e Um

Foto de um bolo de cobertura rosa claro, com algumas pipocas doce da mesma cor formando uma meia lua no canto superior esquerdo, com três velas pequenas rosa choque e uma em forma de um batom vermelho, todas as quatro apagadas.

Hoje me peguei pensando sobre rituais de aniversário de modo geral… Sei lá, de repente me bateu um *click* do quanto é bizarro a gente soprar em cima de um bolo que várias pessoas queridas vão comer, sem se importar com a possibilidade de transmitir qualquer doença pra todas elas. Até vi uma cena num filme onde isso entra em pauta uma vez, mas precisei de uma ameaça mundial para me tocar desse absurdo. Coloquei algumas sobre meu bolo, três cor-de-rosa simplezinhas e uma em forma de batom para representar trinta e um ao meu modo, mas só pra tirar fotos, não as soprei e agora tô me questionando se voltarei a fazer isso em algum momento da vida… Assim como vários outros costumes banais que, de repente, me deixam extremamente chocada em lembrar que não foram repensados por várias pessoas mesmo durante a pandemia, quiçá fora dela.

É meu segundo aniversário na pandemia, mas o do ano passado foi beeeem diferente desse. Cheio de alegria, com animação o suficiente da minha parte pra marcar a meia noite com trilha sonora temática, sessão de fotos comemorativa, live convidando os amigos para participar junto e uma variedade representativa de sabores de pizza porque, sabe, dia 10 de julho é o dia dela também. Recebi mais empolgação ainda em troca, foi MARAVILHOSO, mas hoje… Sei lá, a introspecção que marcou o aniversário de dezessete anos do blog sobreviveu às últimas duas semanas e me atingiu em cheio em forma de melancolia. Algumas pessoas vieram me falar que é Inferno Astral, normal, acontece mesmo nas vésperas d’a gente completar um ano novo, mas isso é tão estranho pra mim, não gosto, me causa incômodo! Tentei forçar a extroversão que é meu natural, não tive sucesso.

Porque melhor mesmo é abraçar a antítese que sou. Tímida porém extrovertida, sonhadora ainda que com tendências fortes ao soturno, preciso respeitar tudo isso. Nem sei por que tô falando disso agora, é meio que meu modo de marcar esse dia que tá uma mistura de cansaço com o sentimentalismo de sempre, de quem não sabe realmente o que escrever, mas não consegue deixar de fazê-lo porque é apegada demais à prática, em especial num momento que gosta tanto quanto o ato de “ficar mais velha”. Parece que tô na vibe 100% pra baixo, mas teve muita gostosura também, me provando mais uma vez que (mesmo de longe) sou querida PRA CARAMBA por gente que amo DEMAIS! Presente em envelope deixado na porta, café da manhã enviado de surpresa, “alôs” rapidinhos do outro lado do portão…. Mensagens, ligações, comentários, mil e um abraços virtuais tão calorosos quanto os reais.

Na verdade, no fim, foi bom, sabe? A pizza veio em um sabor só, as velas tiradas do bolo – delicioso, feito pelo meu amigo Nick – pra não precisar abrir mão dos desejos ao soprar, o lookinho rosa e preto de paetês foi vestido mesmo que pra ninguém ver, muita Coca Cola foi consumida e eu completei, às 17 horas e 41 minutos, trinta e um anos de vida. Nesse momento estava na minha cadeira, recostada, assistindo um dos live actions da Disney que amo com minha mãe, irmã, gata e cachorra, como se fosse um sábado qualquer, mas sabendo que não era. Dias melhores virão e dias piores idem, mas esse é MEU dia, então vou fingir que nada disso importa e desejar, aqui e tendo vocês aí de testemunha, feliz aniversário pra mim!

Foto do mesmo bolo presente na primeira imagem sobre o pequeno pedestal porta bolo de vidro. À sua frente um prato branco de bordas rosa contendo um pedaço de pizza de calabresa com alho poró e, à direita, entre os dois elementos, um copo de vidro cheio de Coca-Cola. Todos estão sobre uma mesa coberta por uma toalha branca.

Continue Reading

17 anos de Sweet Luly!!

Foto de uma superfícia quadriculada de rosa claro e branco onde há um doce de morango e um celular com a tela ligada na página principal do blog Sweet Luly.

No refrão da minha música favorita, Dancing Queen, as vocalistas cantam alegremente “you are the Dancing Queen, young and sweet, only seventeen”, ou seja “você é a rainha da dança, jovem e doce, apenas dezessete anos”, o que além da palavrinha chave “sweet” bem localizada coincidentemente ainda transformou essa em uma idade muito almejada por mim antes de atingi-la e também um dos números que mais gostei por um longo período… É claro que nos últimos tempos virou sinônimo de muito mau agouro aqui pros lados do Brasil, mas vamos tentar abstrair isso só nesse 26 de junho, ok? Hoje é dia de festa, de celebrar esse blog que registrou meus 14, 17 e até 30 anos de vida, que está a duas semanas de registrar os 31 e hoje, ao som desse hit do ABBA, registro no próprio que o Sweet Luly está completando dezessete anos no ar!

É engraçado porque normalmente acordo nessa data cheia de gás, doida pra estampar isso em todo e qualquer lugar onde tenho oportunidade, mas hoje me senti meio introspectiva, o que não é, de forma alguma, comum pra mim. Comecei a preparar um videozinho bem fofo, tive ideia pr’um Reels divertido inspirado no meu viral favorito da semana e fiz, porque me animou demais, mas acabei ficando por isso mesmo, sem o vídeo tradicional no YouTube ou bate papo direto… Acontece, né? Acho que é o cansaço de produzir tantos posts esse mês nesse especial de aniversário, da primeira semana de aula no curso de Curadoria, das notícias pavorosas que não param de aparecer. Tô tentando ficar de boa com essa exceção na minha personalidade, aceitar que às vezes acontece e focar no fato de que o importante é não passar em branco. E, pra mim, é mesmo!

Na verdade até tinha em casa, já compradinhos, pacotinhos de massa para bolos de caneca, chantilly e até coisinhas pra decora-los, mas antes que eu tivesse a chance de fazer recebi uma ligação de um casal de amigos perguntando se eu estava em casa… Confirmei e, minutos depois, vindos do outro lado da cidade, eles aparecem na porta, naquele perto distante que a pandemia pede, trazendo docinhos de morango pra eu poder comemorar e tirar uma foto especial, que foi essa aí em cima. Como sempre as datas importantes me provando que o Sweet Luly é tão relevante pra muita gente aí fora quanto é aqui dentro. E, por mais que eu não consiga deixar de fazer isso que faço, esse amor e carinho vindo de tantos lados, por tanto tempo, me deixam ainda mais animada a continuar fazendo por mais 17 anos, por quantos mais vierem além!

Feliz aniversário, bloguinho!

Sweet Luly Especial 17 anos: posts dedicados a cada ano de vida do blog ao longo de junho de 2021!

Continue Reading

De repente… 30!

De Repente... 30!

Bateu meia noite e abri o painel do WordPress pra falar sobre o que me vier na cabeça, sem planejamento, só celebrar, mesmo, que hoje completo minha 3ª década de vida. Recentemente passei por um processo de reler diários (e posts) antigos com o intuito de ter um material legal pra retrospectiva que fiz no Instagram, o #TBLuly, onde passei um mês inteiro postando sobre cada ano da minha vida de forma completamente egocêntrica, mas engrandecedora pessoalmente… Minha memória é MUITO boa, e ainda assim me redescobri de tantas formas que não tem como resumir, e nem preciso. Pessoal demais, sabe? Aí lembrei o quanto esse blog foi e é importante pra mim não só produzindo conteúdo, mas também registrando minha vida, já que faço isso aqui desde a adolescência, e decidi que não podia deixar de fazê-lo dessa vez. Então aqui estamos, celebrando meus 30 anos.

De Repente... 30!

Prometi que não usaria o clichê “De Repente 30” no dia do aniversário porque, gente, NÃO FOI DE REPENTE! Chegar aqui foi longo demais, louco demais, deveras mutante. Sendo sincera tô desde os 28 falando que tenho 30 porque não aguentava mais ter “vinte e tantos”, de tão demorados eles foram. Queria virar isso logo! Aí descobri o famoso Retorno de Saturno, onde estar ao redor de “vinte e nove e meio” significaria maturidade e plenitude como adulta, abracei a ideia com todo fervor, sabe, eu realmente gosto de envelhecer, acho bem melhor do que não viver, e eis que foi uma droga. Tropecei tanto nesse meio de caminho que ainda estou curando os joelhos ralados que acabei ganhando numa queda ou outra, mas como ser adulta é algo que AMO, tive que aceitar que preciso fazer curativos sozinha, pedindo ajuda somente (mas sempre) quando necessário. Então o faço.

Talvez o problema tenha sido ir com muita sede ao pote, mesmo.

Quatro anos atrás fiz uma lista 30 coisas para fazer antes dos 30 no blog e dei uma olhadinha nela pra marcar o que rolou, nenhuma surpresa em ver que a maioria das coisas não foram concretizadas. Algumas das mais importantes sim, mas poucas foram “riscada” nessa conferência. É que nesse meio tempo as prioridades mudaram TANTO! No último ano o que eu mais queria era chegar aqui já no mestrado, algo que antes estava fora de cogitação, não consegui, mas por outro lado os cabelos rosa tão desejados no último semestre vieram bem na véspera, ante ontem, me fazendo TÃO FELIZ que parece risível que eu achava que o que causaria isso seria colocar silicone. A única pessoa que pode determinar quem serei aos 30 sou eu mesma, AGORA, mais ninguém, nem o eu de outras idades. Esse será meu conselho balzaquiano, o levem pra vida!

Agora já tá chegando a outra meia noite, a que encerra “meu dia”, porque isso aqui foi tão “de momento” que tive que parar pra decidir o que fazer. E, oh, mesmo no meio da pandemia tive o melhor de todos os aniversários, e passei a gostar do título que escolhi pro post, nas suas primeiras 24 horas trinta foi, pra mim a idade do sucesso. Não monetário ou profissional, nem nada, mas pessoal, tendo mais uma vez a certeza de que acertei em cheio ao escolher as pessoas que teria comigo aqui, na minha vida. Elas fizeram esse “Dia da Pizza” tão sensacional que é até triste que eu esteja o sujando com um texto tão raso e bobo. Terei que me desculpar comigo por isso depois…

… ou, ah, melhor não. Sou canceriana demais pra barrar o que sinto (e crente demais do meu Mapa Astral pra não cita-lo), então que bom que deixei fluir, sair, deixar de ser ser só meu e ficar registrado pra relembranças das décadas futuras. Preciso aprender a ser menos exigente comigo mesma, então que comece agora, na chegada do meu Feliz Ano Novo! Era pra ser sem planejamento e assim foi, porque na vida, cá entre nós, é como acontecem diversas das coisas maravilhosas pelas quais vale a pena viver. Um beijo, se você leu, e agora pra fechar celebrando, e rimando, não posso deixar de dizer: viva eu!

Continue Reading

16 anos de Sweet Luly!

16 anos de Sweet Luly!

Se você era adolescente nos anos 2000 provavelmente ouvia alguns hits da Hilary Duff no dia a dia, talvez baixando cada um deles apaixonada, ou mesmo só enquanto assistia MTV, reclamando que detestava a voz dela… Nessa época eu estava começando a formar um gosto musical BEM diferente desse estilo, mas me “forçava” a ouvir algumas das “músicas de patricinha” que via tocando em midi players nos blogs que visitava, e a Hilary era quem mais gostava desse grupo. Em julho de 2006 completei 16 anos e ouvi “Sweet Sixteen” repetidas vezes enquanto selecionava fotos pra usar no post que ia escrever sobre meu dia no blog, na época há dois anos no ar. Não, você não fez as contas erradas, e é nesse ponto que quero chegar: hoje celebro um “sixteen” ainda mais “sweet” pois é aniversário de 16 anos do Sweet Luly!

16 anos de Sweet Luly!
Uma simulação de como seria se eu aos 16 anos (no 2º semestre de 2006) encontrasse com o Sweet Luly de 16 anos!

Essa é uma data que sempre me emociona, mas nos últimos anos tem trazido muita nostalgia, também… Mais precisamente desde que o blog atingiu a idade que eu tinha quando o criei, é muito imediato lembrar de mim mesma com o painel do Weblogger ou Blogger aberto, digitando posts que mantêm minha vida registrada aqui. Fico imaginando, juro, que o Sweet Luly é uma pessoinha exatamente igual eu era, ouvindo as mesmas músicas, falhando nas mesmas matérias e saindo pra tomar sorvete com as mesmas amigas, mas na verdade isso seria impossível porque eu não sou mais aquela e o blog é um reflexo de AGORA, sabe? Ele completa 16 anos falando sobre movimentos artísticos, fazendo resenhas de filmes com algumas palavras que adolescentes nem usam e problematizando o mundo real que tá aqui, fora da tela. Porque é pra isso que eu o uso.

É claro que eu não tinha como saber que estaria aqui tanto tempo depois, com esse arquivo imenso disponível e fazendo a coisa de modo tão diferente tal qual nosso crescimento pessoal pede (e as tendências também), mas não conseguia não me ver como blogueira, era óbvio na minha cabeça que eu continuaria sendo isso e IMPOSSÍVEL cogitar a possibilidade de deixar de gostar da coisa que mais gostava na vida! Bem, a gente sabe que possível é, sempre, porque faz parte do processo de crescer e mudar (ainda bem!), mas não tem nada de errado em manter esse tipo de paixão, também. Posso estar muito errada, e tudo bem se estiver, ainda assim agora beirando os 30 anos, e não mais 14, consigo visualizar uma Luly velhinha, com sua armação de óculos cada vez maior na cara, postando sobre a terceira idade… Tomara que realmente chegue lá!

E agora… Chegou a hora do nosso Sorteio de aniversário!

16 anos de Sweet Luly!

Como sempre usamos clichê “A festa é nossa, mas quem ganha é você!” pro sorteio de aniversário não só do Sweet Luly, mas também do Expresso Rosa, hoje minha loja e na época template shop, que completa a mesma idade em 17 de julho. Tradicionalmente o prêmio é total ou parcialmente temático de Harry Potter, já que o primeiro livro foi lançado no Reino Unido nessa mesma data em 1997, mas em decorrência de toda a problemática envolvendo a autora resolvi fazer diferente dessa vez. Ele envolve algumas das coisas que mais gosto na vida: escrever, representados pelo meu livro; arte, representada pelo caderno artesanal que fiz; astrologia, contribuição de um casal de amigos que está começando uma loja de decoração; e responsabilidade social, na máscara para ser usada enquanto durar a pandemia feita pela Mari, minha amiga que já contribuiu pra vários dos meus sorteios!

Sorteio de 16 anos do Sweet Luly:
– 1 caderno tamanho A6 “Noite Estrelada”;
– 1 livro “Wish You Were Here: Um Romance Musical” autografado + irmã de geladeira + marcador;
– 1 quadro em MDF “Gravado nas Estrelas” (data e cores à escolha do vencedor) tamanho 20 x 25cm da loja Lampião Dourado;
– 1 máscara de proteção de estampa náutica, produzida conforte as recomendações da OMS.

A foto é uma montagem por dois motivos… Primeiramente porque a Mari só vai me entregar a máscara quando for enviar, mesmo, por razões óbvias de segurança e higiene, já que a produção dela é super responsável no que diz respeito à limpeza e uso de materiais. E em segundo lugar porque, como já dito, o quadro da Lampião Dourado é personalizado com um retrato do céu na data escolhida pela pessoa que ganhar, então só vai ficar pronto mesmo quando esse momento chegar! Por enquanto usamos esse protótipo pra ilustrar, mas dá pra fazer com cores e textos do seu jeitinho. Para participar é só correr no Instagram @expressorosa, achar a foto oficial (ou clicar nesse link aqui!) e seguir as regrinhas que são bem básicas: seguir os 3 perfis e marcar 2 pessoas. O resultado será divulgado por lá mesmo, viu? Boa sorte pr’ocês!

E, pra fechar… FELIZ ANIVERSÁRIO, BLOGUINHO! Obrigada por tudo!

Psiu! Prest’enção! Além desse sorteio lindão também temos um cupom de desconto pra ficar ativo nesse período lá na loja Expresso Rosa. Digitando SWEET16 você ganha 16% off em qualquer compra, pra se jogar nos caderninhos e livros – e ajudar uma blogueira/escritora/artesã desempregada!

Continue Reading

15 anos de Sweet Luly + Sorteio

15 anos de Sweet Luly!

Hoje passei o dia todo lembrando do meu aniversário de 15 anos. De como fizemos uma festinha no prédio do meu tio, da minha avó saindo lá de Timóteo só pra comemorar comigo, da toalha bordada que ela fez pra me dar na data. Lembrei das flores cor-de-rosa em cima da mesa, do tio Márcio me dando o domínio do meu site de presente pra me apoiar tão incrivelmente como ainda apoia hoje, da vela comemorativa que soprei após os Parabéns e, chegando em casa, guardei. Guardei por muito e muito tempo até que ano passado a encontrei quebrada no fundo do guarda roupas. Normalmente isso não me afetaria tanto assim, afinal é só uma vela, mas o contexto da coisa me deixou bem triste… Afinal hoje o Sweet Luly, meu blog tão amado, está completando 15 anos no ar, criado antes mesmo da festa supracitada, e eu já tinha decidido há um tempo usar minha própria vela antiga pra celebrar o aniversário dele também. Bom, infelizmente não deu, mas a data permanece extremamente comemorativa ainda assim!

15 anos de Sweet Luly!

Quando eu cheguei na blogosfera (ainda usamos essa expressão?) “isso aqui era tudo mato”. A gente tava começando a “capinar” essa metrópole gigantesca que ela se tornou hoje. E, oh, eu capinei DEMAIS! Entre a criação do meu primeiro até esse, gente, foram muitos cliques em “Criar novo blog” feitos por mim… Eu amava blogs tão profundamente que ter percebido isso lendo meus posts antigos me fez amar ainda mais hoje. As coisas mudaram, os tempos também, eles foram de casebres a verdadeiros arranha céus da internet. E aí que eu sei que um monte de gente sente saudades do que era antes, acha que a coisa se perdeu e que não é mais tão legal, mas cês sabem, eu discordo muito disso. Tempos mudam e os modos de produzir as coisas também. E ainda bem! A evolução é sempre bem vinda, o que não dá pra gente regredir, né? Sei lá, o “regredir” tenho visto tanto, no mundo todo e em diversos aspectos, que cada vez mais só consigo celebrar o “seguir em frente”.

Em 15 anos eu virei uma pessoa completamente diferente e o Sweet Luly um blog completamente diferente, ainda com nossas essências gostosas intrínsecas que não precisam nunca mudar, mas sempre nos modificando aqui e ali. E por mais que não consiga ler futuros ou nada do tipo hoje eu acredito, MESMO, que isso aqui vai ser algo pra sempre meu. Que virão mais 15 anos, renovando e envelhecendo, mas fazendo do meu jeito e acima de tudo fazendo bem. Quero continuar escrevendo nesse lugar favorito no mundo na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza, na saúde e na doença, no cinza e no rosa… Ao infinito e além!

15 anos de Sweet Luly!

E agora… Sim, é hora do nosso sorteio de aniversário!

Que como sempre tem Harry Potter no meio, já que hoje é aniversário TAMBÉM da primeira publicação de “A Pedra Filosofal”, em 1997, e que grande parte do público do blog e meus amigos gostam… Pra esse ano separei itens bem fofinhos, sem muitos clichês visuais, e com um toque de rosa em quase tudo porque é nossa cor. O caderno escolhido foi com a temática Sapo de Chocolate e as coisas em volta são uma mistura disso com outros itens que ganhei das queridas da HomeMade e do meu amado Potter Club BH, do qual sou vice presidente. Assim como ano passado o sorteios tá rolando numa foto que nem essa aí em cima no Instagram do Expresso Rosa, meu site/loja.

Sorteio de 15 anos do Sweet Luly:
– 1 caderno tamanho A6 “Sapos de Chocolate”;
– 1 copo “Expresso Patronum do Potter Club BH;
– 1 colar “Amortentia” da HomeMade;
– 1 chinelo “Sapos de Chocolate” do tamanho escolhido por quem ganhar – a confeccionar;
– Figurinhas de Sapos de Chocolate PERSONALIZADAS com suas fotos;
– Kit de marcadores de Harry Potter.

O chinelo não está na foto pelo motivo – óbvio – de que não está pronto, né gente! Criei uma estampa que combina com a do caderno e vou mandar fazer do tamanho certinho da pessoa que ganhar, ou seja lá qual for o tamanho que ela desejar! Os marcadores ficaram de fora também, primeiro por motivos estéticos e segundo porque são os de sempre, quase todos os anos… Ainda assim dá pra ver tudo isso lá nos Stories em destaque do Expresso Rosa. Os comentários são válidos de hoje até 17 de julho, que é quando o ER completa seus 15 aninhos também. Dá muito tempo pra participar e pra chamar o pessoal, né? Já as regras estão todas especificadinhas no post da foto, é só busca-la e seguir direitinho!

Feliz aniversário, bloguinho! Parabéns pro meu Sweet Luly – e, consequentemente, pra mim também, né!

Psiu! Prest’enção! Além desse sorteio lindão também temos um cupom de desconto pra ficar ativo nesse período lá na loja Expresso Rosa. Digitando SWEET15 você ganha 15% off no valor do produto, pra se jogar nos caderninhos – e ajudar uma blogueira desempregada!

Continue Reading
1 2 3 16